23 novembro, 2010

Vidraça

Eu jogo pedrinhas na tua janela,
só pra ver tua cara nua de madrugada.

8 comentários :

Zainab N. disse...

eu simplesmente gosto muito do seu modo curto e certeiro de escrever. Resumindo as suas idéias em unicas, uma verdadeira poeta! Mto bom :P

mateus disse...

Tu é demais..<3

Lαís Pαmelα :) disse...

que saudade eu tava daqui,
Lindo demais, como sempre, rs.
bjs.

Bruno Sato disse...

Eu morro no 21° as pedras não me alcançam, mas eu tenho sorte,pois na falta de pedras, suas palavras me acertam.

* disse...

Olá, agora que eu vi o seu comentário no meu blog com o texto: "O mundo ainda vai se acabar no seu individualismo e congelar na frieza das pessoas que aqui vivem. Eu estou tentando não ser uma delas. Não aqui, nesse mundo.''
Luara Quaresma *

O texto foi escrito por você mesma então? eu coloquei os créditos, mas se você se incomodar eu tiro, ok? eu simplesmente amo esse texto, acho que ele descreve muita coisa.. bjão!

osonhodeumaflauta disse...

*--*
Ah, fiquei com tanto vontade de jogar pedrinhas numa certa janela.

Rui Águas disse...

que lindo ^^

Maria Rita disse...

Simples e lindo...adorei!

Beijos pra Ti