26 setembro, 2011

Depois de um tempo tudo passa. O que doía já não dói mais.

Depois de um tempo tudo passa. O que doía já não dói mais. São lembranças agora.
Guardei na gaveta do coração junto com os retalhos de felicidade que você deixou, junto com as respostas que nunca vieram. Com as dúvidas que em mim ficaram. E que agora já não importa mais.

Já não me faz falta as migalhas de amor que você fazia questão de me dar.Agora, só o que é bonito, de verdade e por inteiro me interessa.

Só aceito agora o que me completa.


Monalisa Macêdo
21 anos. Brasileira, Baiana, de Feira de Santana.

Estudante de Engenharia civil.

Aprendiz em matéria de levezas, e de palavras.

Só transbordo o que sinto.




Contatos:
Facebook:http://www.facebook.com/profile.php?id=100001923618523

137 comentários :

Manuh Macêdo disse...

aiin quee lindo meeu anjo,continue com essa inteligencia que encanta a todos que passam pela sua vida.

(V.) disse...

Cada dia mais perfeitaa..

Os melhores textos! =D

Cris Teles disse...

O tempo faz tudo se dissolver e como por encantoo voltamos a sorrir e acreditar de novo na felicidade! Parabéns pelo texto!! Bjos

Caren Melisma disse...

Texto lindo!
Sou fã dessa Mona!

Renato Amaral disse...

Sabe que sou seu fa #1... Gracas a pipa... Continue sempre nos presenteando com seus contos, cantos, e encantos... Parabens... !!! Linduuuuuu.... Bjux <3...

Wellington disse...

Nossaa.. vc sabe expressar bem com as palavras.. Show!

feiracity disse...

muito bom.vc além de ser boa com numeros é excelente com as letras.

Suzzane disse...

Parabéns, Mona!!
Muito lindo!
Adoro esses versos!!
=)

Karla Tabalipa disse...

Essa menina manda bem demais, com esses textos cheios de leveza e doçura. Lindo! Mais um!

gabriel macêdo disse...

muito bom. adoro seus textos.

Fernando Lago disse...

"Já não me faz falta as migalhas de amor que você fazia questão de me dar"

Muito bom!
A mendicância de amor é uma atividade indigna. Embora às vezes a gente se pegue praticando sem nem perceber direito.

Lindo texto!

Cibele disse...

Mo, parabéns pelo belo texto. Leve, lindo, doce... Continue assim muneca! Parabéns!

Cirano Mendes disse...

Parabéns Mona!
Meus dias não são os mesmos sem ler seus escritos ! Haha
Já disse que quero investir nesse talento que surge em meio ao sertão! :)

larissacarneiro disse...

isso ai Mona, temos que nos preocupar com coisas que fazem a diferença em nossa vida, coisas que nos fazem felizes, só isso que importa ..
continue com suas lindas palavras, parabéns !

Rafaela Oliveira disse...

Palavras perfeitas Mona, que sua mente brilhante continue sendo iluminada... Beijos!

Maria Natália disse...

Estou votando nesse também, principalmente por ter me identificado totalmente, numa daquelas fases a que me encontro.

Thaiane Brito disse...

Uau!
Muuuito massa, Mona!
Não conhecia esse seu dom!
Parabéns!

Mariana disse...

Isso que eu chamo de saber lidar com as palavras.
Texto lindo! Intenso mas tão delicado!

Parabéns deverdade!!
:* Monalisa.
Tu fazes arte com as palavras florr!

Schana disse...

liiindas palavras Mo!! como tudo que escreves!! beeeijo florzinha linda! e continue nos inspirando!

loukuras.com disse...

adorei continue assim que você vai longe ta =D!!!

Maria Clara disse...

Muito perfeito, muito lindo, muito verdadeiro, o que mais me agrada é saber que essas ideias vem do coração verdadeiro ;D PARABÉENS !!

Rafael Rocha disse...

Parabéns Mona , continue assim , se expressando com palavras !

Anônimo disse...

Muuuuito lindo, amei encanta qualquer pessoa *-*
por: amandavelloso

Natalia disse...

Ela é mestre em expressar seus sentimentos com leveza e simplicidade. Assim conseguimos nos identificar com cada palavra, que é verdadeira e vem do mais profundo sentimento! PARABÉNSSSS!!!!!!!!!!!!

'Adriiele Mendes ;* disse...

- Liindoo poor demaiiis <3
Que Deus continue te abençoando com tooda essa inteligência que motiva o mundo =D

Marquinhow disse...

Muito , muito bom mesmo Mona!!!
Você está de parabéns!Foi muito lindo!

Bela Flor disse...

Amei! Realmente perfeito!

Milla disse...

muito lindo mona!!
continue sempre assim menina talentosa

Danilla Marinho disse...

Nada de migalhas.. gostei disso ;]

"Já não me faz falta as migalhas de amor que você fazia questão de me dar.."

Anônimo disse...

Realmente Mona nada pela metade vale apena...e seus escritos estão super completos viu? Vale super a pena ler e meditar neles, continue escrevendo super bem assim!Suellen

Poupée Amélie™ disse...

Migalhas não sustentam, migalhas enganam a fome. Se não for inteiro, não é intenso; e se nao é intenso, não interessa! Beijos, Mona! Parabéns pelo texto.

Karla Thayse Mendes disse...

Que coisa mais linda Mona! O tempo é mesmo uma peneira, vai filtrando as coisinhas cinzas e deixando passar as coloridas.

Encantador!

Beeijo flor

Patrícia Costa disse...

Monaaa, lindoooo!

Texto perfeito!!!
Traduziu minha alma, pulsando os sentimentos do meu coração!

Vc sempre expressando veracidade em suas palavras!

Amo!
Parabéns!

A M E L H O R !!!

Luiz Eduardo disse...

você nos encanta com a maneira que trata realidade nos seus textos,fazendo com que a gente se identifique e queira sempre mais lê-los,parabéns vovss

Anônimo disse...

Muito lindo Garotaa, PARABÉENS! (:

Renata Fagundes disse...

Chega o dia em que precisamos de espaço, limpamos as gavetas, selecionamos o que realmente importa e descartamos o que não nos serve mais.

Lindo texto! De uma delicadeza irretocável.

beeeeijo minha linda

Michelly disse...

Muito bom!!!!!!!Parabens!

Laís Ribeiro disse...

Adoreei, Mona! Simples, mas completo. Universal, porém inteiramente particular ao mesmo tempo. Já era sua fã por detrás das cortinas! rsrsrs. Sucesso! Beijos.

dinah disse...

Muito bomm, lindo

Tamires disse...

Lindo! Parabéns!!!

Anônimo disse...

Parabéns Monalisa! Muito lindo!

Cida disse...

Parabéns, adoorei o texto ;]

Mylena disse...

Que lindo seu texto, parabensss :)
vc escreve muito bem!!

leila disse...

Muito lindo seu texto,não foi a toa que chegou até aqui,estou na torcida,sucesso...

Andréya disse...

Concordo com cada letra aqui escrita.
Um dia agente acorda e sai do estado
de dormência e passa a ser essência.

deixo meu beijo...

Jornalista Mágico disse...

MUITO BOM... PARABÉNS! SUCESSO!

Iraildes disse...

Nossa que lindo....parece que foi feito pra mim!!Parabéns Mona,escreve de uma forma tão simples e tocante,maravilhoso texto.
bjsss

tamyres disse...

Adorei Monaliza!
Fico admirada em vê uma pessoa tãoo jovem e com tanto talento para escrita, isso não é um dom dado a todos não, só para alguns!
Parabéns

Mil disse...

suas palavras são intensas, mas delicadas... você não perde a sutileza e brinca com os versos tão contemporâneos e tão despretensiosos...

o trecho com o qual mais me identifiquei:
'Só aceito agora o que me completa.'

lindo!!!

Priscila Soto disse...

Que texto linndo Mona ameii.

Parabénss Benzinhoo :)

Luna Sanchez disse...

Conforme o tempo passa a dor (e a mágoa, a culpa e tudo mais que possa ter vindo com ela) vai evaporando e o que sobra, que é o que chamamos de lembrança, encontra um cantinho em nós e fica, em estado de coma, pra nos lembrar de que o que vivemos foi bonito e também pra servir de lição, pra que passemos a cometer novos erros e não percamos tempo insistindo nos antigos.

E que venha o novo, o inusitado!

=D

Adorei, claro.

Beijos.

Ju Fuzetto disse...

Parabéns Tá perfeito!!!!!

Leonard M. Capibaribe disse...

Tive um pensamento muito semelhante a esse um tempo atrás... A desconstrução daquilo que era tão importante para o que não importa mais... Muito bom seu texto! Gostei bastante!

Th@binhaR10 disse...

Não sei se me surpreendo mais com sua sabedoria,pois sei o quanto vc é capaz...
Seus textos e pensamentos são perfeitos, e a cada dia fico mais feliz por ter uma amiga assim inteligente e perfeita!
Que Deus sempre te abençoe e te dê mais e mais inspiração para podermos apreciar sempre essas belas palavras vindas de você.

bia martins disse...

É sempre bom ler vc querida!
Adorei estar por aqui...
Um bjo! :o)

Camila Schuh disse...

Ela tem o Dom das palavras...
Sempre perfeita, curto muito essa Florzinha, continue sempre nos trazendo coisas lindas! :)

Anônimo disse...

Seus textos como sempre maravilhosos. Composições que nos invadem com sentimentos suaves e ao mesmo tempo intensos...
Cada dia lhe admiro mais.
Texto lindo Mona !

Mairan Reis

Camis disse...

Monalisa, menina que derrama leveza dos dedos! Texto lindo e doce, como você! ;**

allmylife disse...

Monalisa..usou palavras perfeitas!!
adorei!!

=)

Léia disse...

"Agora, só o que é bonito, de verdade e por inteiro me interessa." Com o tempo a gente aprende isso... Texto lindo! :)

' Jéssicα disse...

Texto lindo!

Transparência singela na hora de mostrar sentimento!

Amei!

Parabéns Florzinha ;)

Tessia disse...

Muiito lindo o texto Mona!

Adrielle Lima disse...

Expressão perfeita do que acontece com o passa do tempo.
Amei cada palavra!!!!

Anny Gusmão disse...

Eis que se faz verdade um velho dito passado através de gerações: O tempo é o senhor da razão.

Ele nos faz repensar atitudes, e corrobora nossas decisões, certas ou não. As lembranças que sobram é que nos fazem tomar decisões mais acertadas.

Lindo texto!

Daniel Casares Román disse...

Ahora eres mucho más sabia!!

(me encantó el texto!)

Un abrazo desde España

Hubner Braz disse...

Ops errei meu coments, e na Monalisa que voto.. esse aki... passa os coments que comentei pra cá...

Bjss

Walquiria disse...

Que grande mestre é o tempo... As dores antes insuportáveis, transformam-se em lembranças. Algumas, desnecessárias. Outras com cheirinho bom de alegriazinha.

O importante é saber conservar intacto aquilo que nos faz melhores, que nos traz levezas e bonitezas.

Lindaaaaa postagem! Ameiii!

MAIARA SANTOA 1-ANO 4 disse...

q lindo amiga, nada como os tropeços da vida para o amadurecimento
e o tempo é capaz de nos ensinar coisas magnificas inclusive a fortaleza e o romantismos na medida certa q necessitamos para viver melhor rsrsr

Tais Nunez disse...

PerfeiTOo !!Muito Lindo ..

Flah Queiroz disse...

Delicado e cheio de ternura.

Parabéns! ^^

Luana Ferraz disse...

Querida, sermos aprendizes da leveza é apreendermos os sentimentos mais nobres da vida, e até mesmo aqueles que não são e que nos dignifica da mesma maneira por suas lições.

Escrever e esborrar sentimentos é uma maneira lúdica de abraçarmas a vida!

Um beijo

Monique disse...

Muito lindo.
parabéns.

renata disse...

Simplesmente demais! Sou fãaaaaaaa

Layz souza disse...

amei.....

Moreno Pessoa disse...

De fato, quem aprendeu que a Vida pode ser sorvida num recipiente muito maior que uma taça, jamais se contenta com goles curtos, com bebericos velozes. "Já não me faz falta as migalhas de amor que você fazia questão de me dar." Disse-o a poetisa, pois entendeu que o que oferta migalhas, é porque é superficial e ainda não penetrou na massa, no fermento, no miolo. (não sabe se compartilhar!) Somente a fornalha do viver nos outorga essa coragem de "agora, só (me interessa) o que é bonito de verdade e por inteiro." Esse é o coração que despertou pro amor maior, que "só aceita o que completa" passando longe das migalhas. Precisamos do pão mas não somos mendigos! Só uma moça com uma nome desse, Monalisa (nome de tela inestimável, rica pintura), poderia ter pintado tão belas palavras!

Naiara Soares ;* disse...

Que lindo! Cada dia me apaixono mais pelos seu textos *-*
Que Deus continue te dando muita inspiração! Parabéns;**

Marianne Duarte disse...

Muito lindo, o melhor na minha opinião. Transbordou sentimento e sinceridade!

larissa l disse...

monaa , parabéens muito lindo continue assim qe vc vai longe :**

Daiane Rios disse...

Ameei Monaa, seus textos são sempre marcantees! *--*

larissa l disse...

monaa , parabéens continue assim qe você vai longe anjo *-* muito lindo msm .

Gabii disse...

Adorei (:
você escreve muito bem , parabeens :D

Thaiane Brito disse...

Uau!
Muuuito massa, Mona!
Não conhecia esse seu dom!
Parabéns!

gabriel macêdo disse...

muito bom. adoro seus textos.

Amanda , Milena , Naiara e Adriele. disse...

Muuuuito lindo, amei encanta qualquer pessoa *-*
amandavelloso

Taciany Macedo disse...

Que profundo, gostei, parabéns ! :]

Luzia Trindade disse...

Lindo texto!

Ainda bem que TUDO passa. E o que era ruim tinha um enorme valor, hoje não tem mais. Porque viver de migalhas não dá!

beijoo

Jessica Amorim disse...

parabens lindas frases, realmente ler um texto desse deixa nossa alta estima lá em cima...fico feliz por ter voce como amiga-irmã. Te amo sempre.

Vévy disse...

Ao desejar o que nos completa de verdade, ao deixar para trás aquilo que era falso, passamos a ter amor próprio de verdade.
Seu texto disse isso para mim.
Parabéns Mona, muito bom. MUITO BOM MESMO!

thays disse...

parabéns Mona lindo texto , q as mas belas palavras ainda estejam por vim ,sucesso continue assim tocando cada vez nos corações das pessoas q te adora bjs.

Deisiele disse...

Parabéns Mona!
Muito sucesso pra você! São lindos seus textos.

Daniela disse...

Ta demais hein?!!! muito bOm!!! expressar-se atraves das palavras é uma arte!!!

Vida e musica disse...

Mona, Atitude!!!
Alma pura!!!
Foi a palavra que saltou do seu texto. Isso aí, jogue para fora, e faça valer!!

Massa!!! Massa!!! Massa!!!

Patrícia ♥ disse...

Que texto mais lindo, e uma imensa realida, com o tempo tudo se vai, e o mais importante que fique somente o que for bom, o que realmente nos tocou o coração..

Beijos

Nanda Sampaio disse...

Arrazou Mona, PARABÉNS ;D
Ficou muito bom o texto, sucesso.

Maciel Amaro disse...

Sensacional,
Texto maravilhoso, Parabéns de verdade e continue assim bjs!

Nil Mariano disse...

PerfeiTOo !!Muito Lindo ..
Sou apaixonada por tudo que vc escreve !Demais!

Juliana Carneiro disse...

Belíssimo texto, Monalisa!!
Você é rima - rica, jóia - rara.

Beijos de carinho,
Juli.

ThaísLeite ;* disse...

muuito lindo esse texto Monalisa , continue assim , parabéns ! s2

Luana Clissia disse...

Perfeeeeeeito !

Marcela Regis disse...

"Só aceito agora o que me completa."

Liiindo, moça! ;*

Menina Colorida disse...

Minha mãe sempre ressalta que o tempo cura tudo. Em agum momento eu acredito, em outro duvido. As dores poderão ser transformadas em lembranças, mas aquele machucado, sempre que olharmos vai doer, vai maltratar...o bom é tirarmos o proveito da situação, crescermos rumo a quem possa nos dar mais do que meras migalhas.
A vida está aí para ser abraçada, nós estamos no mundo para amarmos e sermos amadas, tal como merecemos e buscamos.
Que você possa encontrar o que te completa, a metade que preencherá teu coração.
Lindo seu texto.
Bj e carinho,
Taís
Só aceito agora o que me completa.

@Poetizar disse...

Monaa,lindinha! Na torcida por você!
Mais um texto lindo! ♥

Fernanda Barcellos disse...

Só me importa "inteirezas."


Beijos meus

vih disse...

Muito, Muito bonito ! Parabens! =]

Jean Felipe disse...

Se a pessoa que você ama, não trouxer a felicidade que você sempre quis, então o tempo trará.

Texto lindo, não preciso falar mais nada, você faz textos perfeitos.

Be Lins disse...

Desafios inspiram a coragem em nós,
a coragem de ir sabendo que algumas coisas serão perfeitas, e outras, haverão de doer, e da dor, cresceremos.
A dor é branda depois de certo tempo, ela passa pra outra categoria, a de amiga.

Felicidades!

Guilherme disse...

Quantas metades precisamos colher ao longo da caminhada até costurarmos inteiro? Quantos dias de chuva precisamos enfrentar durante o passar do tempo até sabermos serenos céu azul?

Beijos.

Priscila disse...

Lindo, lindo!!!! Vc faz transparecer a alma... Bjs

' Eliissa disse...

muito lindo , mona tá de parabéns o texto ficou muito lindo , muito verdadeiro,vs arrasa nos seus textos,continue assim =)

Caren.Melisma disse...

Sou FÃ dessa Mona!
Adoro seus textos.

. disse...

Como sempre... Perfeito!
*-*

M* disse...

Mona, a leveza de suas palavras conseguem expressar tão lindamente os sentimentos tão doloridos do amor incompleto.

Migalhas não completam ninguém.

Vivamos só o que é verdadeiro!

Suas palavras sempre a emocionar.

Parabéns!

CONTROLE DE PRAGAS URBANAS (75)8155-9779 disse...

"Já não dói mais" e "as migalhas de amor", muito forte. Fecho os olhos e penso em alguém clamando por amor, com um alma pronta pra devolver em dobro o que deveria receber, porém um ingrato com a essência do "amar" e ser "amado", um homem insensível e indigno desse amor.
Como sou apreciador das suas frases e versos, muitas vezes acabo vivendo suas escritas.

Muito bom, Continua e não pára de expressar-se com esse coração lindo.

Marcos de Sousa disse...

Lindíssimo texto.

Anônimo disse...

Parabens Mona :)
amei o texto amiga!
(jéssica sc)

grasi disse...

lindo menina!!! o tempo..nosso melhor professor,,bjs

Maxwell Soares disse...

Monalida Macêdo. O amor sempre será um sentimento de falta. Buscamos no outro o que não existe. O Belo é uma ideia. Uma abstração. Amor, sempre, será incompletude. A busca constante por realizações no mundo estético e no erotismo que se propaga no desejo mútuo dos seres é de natureza perene e vertiginosa. É, ás vezes, uma sensação vertiginosa com a própria eternidade. Amar não deixaremos, pois somos fadados a isso. E a nostalgia da falta nos perseguirá até o fim de nossas vidas. Sofre de amor, ah, Monalisa "faz parte".

Silvia Neves disse...

Que mais a dizer??Nada né jà tudo foi dito...Um texto muito suave e cheio de leveza!!Parabéns amooooo seus textos.....

Naai Oliveira disse...

'Agora, só o que é bonito, de verdade e por inteiro me interessa.'

Adoooooro seus textos!
Muiiiiito muuuuuuuito bom esse!
Parabéns, Monalisa! :)

Naai Oliveira disse...

'Agora, só o que é bonito, de verdade e por inteiro me interessa.'

Adoro seus textos!
Esse tá muito muuuuuito bom! amei.
Parabéns, Mona.. pela criatividade, inteligencia, pelo dom de saber expor as coisas de maneira tão encantadora!

Itauanne disse...

Nossa muito lindo e intenso
manda bem com as palavras lindoo...

Luara Soares disse...

NOssa adorei ... concordo mt com suas palavras, me fizeram refletir sobre o meu passado , e é verdade, depois de um tempo tudo passa, e o que doia ja nao doi mais! parabens. das três o seu texto foi o que mais me tocou *-* está de parabens

Ana SS disse...

A gente começa a aceitar migalhas, e de repente acha que é um banquete. Belíssimo!

Anônimo disse...

bom....

Anônimo disse...

gostei

Anônimo disse...

meu voto é nesse

Anônimo disse...

votado

Suelen disse...

Muito lindo o texto,simples e objetivo porque em matéria de amor as coisas são assim mesmo!
bj=)

Rafaela disse...

Legal, Mona!! Adorei o textoo!!

Tamires Cordeiro disse...

Suas palavras são indelicadas porque são verdades e sutil porque toca!
Beijos Mona!

Esperança disse...

Sou sua fã,leio tudo que vc publica,pq acho interessante,poético,e vc derrama um pouco da alma no q escreve,Parabéns!ab raços

Kamilla disse...

Moona!
que lindoo!
Parabens!!Vc escreve muiito bem,porque não escreve um livro?
Bjo,Milla.

Olhos de mar disse...

Texto verdadeiro e atual! Parabéns. Gosto de ler o que vc escreve, bjss

Gabriel disse...

Todos os textos estão ótimos, mas o que mais mexeu comigo foi o seu Mona. Vc escreve muito bem, parabéns.

Sarah disse...

Mona, sua escrita é comovente. Parabéns!

Beijocas cheias de carinho,
Sarah

Pipa. A Pipa dos Ventos disse...

Estive aqui pela madrugada. Passei para cobrí-la. A noite estava fria.

Era bem tarde. Bem, há dias em que não consigo distinguir se anoitece ou amanhece atrás das vidraças.

Lembro que, quando as primeiras luzes da aurora inundaram as janelas, foi que consegui descansar as pálpebras. Estou um pouco atrasada. Mas queria dizer que me lembrei. E, ao ler o seu texto, foi para esta praia de areias incertas que inevitavelmente eu fui transportada.

Alguém algum dia disse-me que uma angústia divida é meia angústia.

Logo eu, que sempre detestei despedidas.

Falavas de gavetas...

Algum dia, escrevi sobre isso. Então divido:


Sei o que é perder um amor quando ainda se precisa dele. Já estiquei todas as pontas dos dedos para trazê-lo de volta, não alcancei mais. Minhas aspirações davam a entender que a parte dos dias que me caberia viver não passaria de histórias que talvez nunca chegassem a se completar, nem mesmo no papel. Não tenho a oferecer nada além de um coração cortado, costurado e sem uma moldura traçada para sustentá-lo no ateliê de minhas esperanças. E não há nada que me faça deixar de sentir, mesmo tendo entregado cada folha ao barulho das tesouras. É com tristeza que vejo esvoaçar cada página de um sentimento meu. Elas pousam serenas num pisoteado chão de festa, que, apesar de ter amanhecido, não encontrou seu final. Enquanto escrevo, fico olhando nossas fotografias tentando imaginar se ainda se lembra de nós. Toco o seu rosto com as mãos e o baú se fecha, guardando-nos num momento que não é mais o nosso. Fomos deixados sobre um tempo em que tudo enferruja, a começar pelos sonhos e a terminar pelo coração. Apenas minha caneta nos memoriza. Recordarei, algum dia, o amor que vivemos. Talvez com outra caneta, que não a dessa história que já não nos pertence. Quero me lembrar de quem eu teria sido se tivesse ficado com você. E vou rabiscá-lo neste papel até que a tinta seque e nossas cores não se misturem mais.



Era bem isso...

Micca ♥ disse...

Amei ;*