28 janeiro, 2008

Controle

O que temos sob controle?

Nossa existência é totalmente inútil, afinal, não podemos controlá-la.

Nem sobre meus pensamentos eu tenho controle.

Mas, sabe o que realmente eu gostaria de controlar? O tempo. Sim, o tempo. Queria poder voltar ao passado quando as aflições tomarem conta de mim, queria poder consertar as coisas, evitar, contornar, transformar. Afinal, deveríamos ter esse direito. Poder reviver tudo aquilo que nos fez sorrir por alguns momentos, abraçar pessoas que partiram antes de nós, falar o que eu deveria ter falado feito o que eu deveria ter feito. Não encare isso como arrependimento – não encare mesmo -, na verdade lícito, seria a palavra certa.

Já o presente, eu acho que ele é digno desse nome. Só que nem ao menos tenho controle sobre ele. Não posso estar em vários lugares ao mesmo tempo – e olha que já tentei.

Futuro, como gostaria de poder controlá-lo, poder programá-lo, sendo que 100 % das minhas expectativas sejam correspondias. Poder arriscar mais, não ter medo. Ah, como eu seria feliz.

Mas, não posso de uma humana – uma humana entediada, diga-se de passagem -, que não tem controle sobre nada. Nem sobre o tempo, nem sobre os sentimentos, nem sobre as vontades, catástrofes, realidade, sonhos e nem sobre minha vida. Seria bem mais fácil você saber o dia que iria morrer, porque só ai você deixaria de existir para começar a viver. Acho que seria muito atrevimento de minha parte querer controlar a morte também, mas admito que dormiria melhor.

Eu, você, ele, teu pai, vizinho, professora de química – em minha opinião a minha professora de química nem precisava existir -, motorista do ônibus em fim, não passamos de míseras e frágeis marionetes que são manipuladas pelas futilidades e por um vasto número de idéias inúteis. Marionetes que são controladas por um Deus – talvez – ou por alguém ou força qualquer - mas, merecia levar uns bons tapas, porque fala sério, esse cara ta é de sacanagem!

Eu tenho algo sob controle, e esse controle é quem faz minha alma permanecer e faz eu ser capaz de enxergar as cores. Eu tenho as palavras.

2 comentários :

Will disse...

e quem disse que vc tem controle sobre as palavras?

' arcano disse...

Eu digo o que eu quero, talvez por isso (: