14 junho, 2011

Entre nós

Nossos sorrisos são combinados, e a única distância que ficou foi antes de estar entre você. Gosto de acabar com a tua tristeza com beijos que só se interrompem para começar outros que chegam com mais urgência, para me começar preciso te terminar. O amor não se promete, o amor se cumpre, e no meio de tantas certezas a única dúvida é porque não me tornei nós antes.

Agora chego com antecedência na felicidade - o amor me deu passe livre. E fico encantada em perceber que apesar de toda essa bagunça que eu me tornei você sempre consegue me encontrar. Sou a parte perdida do seu corpo, aquela que você só percebe que precisa quando não pode mais viver sem. E dessa necessidade hoje faço poesia.

Em meus cabides já estão as tuas marcas, e coloco nos teus bolsos bilhetes de despedidas. Entre nós há ainda aquela chuva de madrugada, e o lençol que se desarruma; entre nós há tanta coisa que precisa ser sentida. Compartilhamos a mesma pele, e passei a ser contigo. E quando o dia vem, eu penso que tudo isso só vale a pena porque tenho você, e depois de dormir ao teu lado percebo que as remelas em meus olhos são de amor.

16 comentários :

Biamarques disse...

com o perdão da palavra, menina, és uma poeta! Amei cada linha do começo ao fim.

Leni disse...

Querida luara, fiquei boquiaberta com seus textos. Não sei se lembra de mim, mas vc me convidou para conhecer seu blog pelo tumblr, sou do /itsnotthateasy. E não me decepcionou nada aqui :D estou seguindo e vá em frente, você é muito boa nisso...

Thereza Nóbrega disse...

oi, tudo bem? vi seu blog na minha ask e quer saber? amei isso aqui, parabéns e muito sucesso pra você ta? ;*

Raíssa César disse...

Esse não ficou bom, não, ficou perfeito, mais que perfeito, maravilhoso! Você escreve muito muito muito bem *-*
Eu sou a itsapartofme, do tumblr, e você deveria começar a postar esses textos lá, porque são muito bons mesmo >< Parabéns, viu? s2.

Laís disse...

Muito bonito! Gostei muito! Também escreve muito bem!

Obrigada pelo comentário lá no blog

Beijos ;*

Natália Di Santis, 15. disse...

Amei. Sem mais...

Mima disse...

Amei! Super poeta!
Voce mandou o endereço pra mim na ask, lembra? Pois é! Com certeza amei!
Lê o meu também? sobreetuudo.blogspot.com
Bjs!

Franzé Oliveira disse...

Para o peito dos sofrimentos dos homens.
... tudo é noite. Sob o arco admirável do dia.

beijos.

Laila Braga disse...

Muito legal! Cheguei aqui por acidente e pretendo ficar por mais um tempo... Gosto do que vejo ;)

Ana C. disse...

deixando um beijo e flores
lindo feriado

Fernanda disse...

Que coisa mais linda. Quero algo assim, que me deixe tão poética como você. Quero alguém pra viver um relacionamento entre nós feitos de momentos.

Eduardo Stelmack disse...

Gostei

Thaís Borba disse...

De verdade, amei *-*

Nadia disse...

Cada subtil palavra, cada essencia com que pintas cada momento, cada instante é imensamente saboroso de se ler, amei o toque com que compões cada frase, nota-se a intensidade e a importancia desses instantes, só escreve assim quem sente* Parabéns esta adoravel ;)

anne rackham disse...

Simplesmente tocante.

=)

carol . disse...

Eu simplesmente estou em êxtase com esse seu blog, é tão lindo. Encontro nas suas palavras inspiração e me sinto em paz. Vou começar a visita-lo com mais frequencia e tentar fazer de toda a sua felicidade que transmite nos teus textos, minha felicidade também. Quem sabe a angustia que sinto aqui me deixe e seja tomada por todas essas sua palavras lindas. Parabéns pelo sucesso e que você tenha muito mais, eu sinceramente fiquei fascinada ! beijos