26 maio, 2008

De costas para o mundo

Outro dia me peguei observando – na verdade sempre observei. Para obter êxito nesse mundo temos de parecer idiota - uma garota qualquer. Aquele cabelo indefinido, talvez a parte do seu DNA responsável pelo cabelo tenha um pouco de sua essência afro-descendente. Seus olhos eram grandes e brilhantes. Seu cheiro era gostoso - se você não confia na minha integridade que pelo menos confie no meu bom gosto. Eu não me lembro onde estava só sei que aquela garota me acompanha. Surpreendia-me a maneira como ela disfarçava bem a indiferença de tudo ao seu redor, ela acha que carrega o mundo nas costas, então age como se estivesse de costas para o mundo. A garota dos cabelos negros prefere o desprezo de quem a odeio ao sorriso de quem finge ama-lá. Nem sua própria sombra se parece com ela, é alguém sem vida social que escuta mais música do que saudável que tem uma pequena aversão a aranhas e quando encontra o céu se torna uma pastora de nuvens.
Ela me olhou uma única vez, e foi quando tive a sensação de que ela me salvaria. Sei que essa qualquer quer terminar tudo antes do fim. Atalhos, retalhos e sobras. Ela não passa da bomba-relógio que vai explodir em suas mãos.
Ela sabe ser arrogante, ela tem antipatia gratuita, e você continua voltando sabendo que vai ter mais. Porque ela é uma beleza amarga, ela é um mistério, ela é muito para você. "Eu bem que gostaria de voar", disse ela. “Daí eu poderia fugir de tudo”.
Agora sei o quanto ela é estranha e está piorando a cada dia. Mais uma dose de desapego, ela se embriaga com tal sentimento. Se queres lhe dar uma flor, dê antes que ela morra. Não sei o que fizeram comigo, imagino o que fizeram com ela. Mas, ainda sim ela sorri e caminha como se tivesse pisando em bolhas. Tem um lado dela que fala e outro que cala, como um escândalo ao meio-dia.

- Você pinta a casa de branco. E a enche de barulho. E ainda assim estará faltando algo. - a senti dizer.

Por que ela se contorce como se não parecesse notável? Talvez ela só seja um velho pedaço de carvão. Mas, um dia, será um diamante. É uma bela metafísica bruta. Antes de continuar meu destino, não posso permitir que esta pessoa suma, podemos nos tornar amigas. Ela vai me entender. Sim, ela vai!
Essa garota é a teoria do Caos. Não que eu seja um caos, ela é só a teoria.
Será que algo importa pra ela, será que ela ama alguém? Pode ser que ela se importe com algo, acho que ela sabe dançar. Escuto seu pensamento:

- Humanista é uma pessoa com grande interesse pelos seres humanos. Meu cachorro é humanista. - ela suspira cansada e meche o canto da boca de maneira sarcástica.

Creio que minhas respostas estão respondidas. Não me venha com retóricas. Eu sou apenas mais uma, ela é apenas mais uma. Nós somos uma. Você pode esperar que ela sempre lhe de uma opinião franca, mas não tentará ensiná-lo como viver.
Ela se sentou na calçada e tagarela, minha pouca quantidade de sal nem faz mais diferença, eu não sou notável. Alguém diga a ela que fugir de navio ilegalmente para outro continente com alguém que tu acabaste de conhecer é deveras perigoso! Ela só quer fazer a vida valer a pena, morrer não terá graça. Será que tem jujubas no céu?
Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo. O imperfeito, o surreal e que me leve à insanidade já bastavam quando me sentava com ela no cordão da calçada. As coisas tangíveis tornam-se insensíveis à palma da mão. Vale lembra que a sociedade arranhou-me um pouco a franca simplicidade de temperamento. Sou apenas o improviso e aquela estranha sou eu quando estou acordada.

3 comentários :

Sonebald disse...

Há uma analogia, assimilação. Há uma batalha e uma guerra, há dois tempos. Houve duas vezes um verão :)

sylvia moss disse...

Dois lados da mesmo moeda. As vezes pode parecer incoerente, pode ser contráditório, mas precisamos do nosso alterego, já dizia Freud, não que eu seja muito amiga dele, não sou, culpa dele passei a infancia em tratamento, mas admito que o cara até que tinha razão.
Um anjo não pode voar com uma asa só!
(E adoraria me sentar na calçada para conversar com essa garota, ela parece ser uma pessoa muito interessante)
^^

Miguel Barroso disse...

dúvida ou mina de ockham? Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA