23 setembro, 2008

15 minutos

Foi só o que eu pedi. Mas, ele não vai acreditar. O que fazer quando se tem tudo o que quer, mas não o que se precisa?
Então eu seco meus olhos vazios, e vou para baixo d’água. Não adianta, não sei explicar. As palavras traem o que a gente sente
Ás vezes, pequenos grandes terremotos ocorrem do lado esquerdo do meu peito. Não facilite com a palavra amor.

O que nos separa agora não é meros km, é algo muito maior. A pior distancia que pode existir: a do coração. Eu não fiz o que eu quis – caso contrário já estaria tocando pedrinhas na janela dele -, eu fiz o que eu tinha que fazer. Substituí-lo. Não. Apenas, substituir em mim o que pertence á ele. Talvez eu tenha demorado muito tempo para lhe jogar certas verdades, talvez eu perdi muito tempo por ter segurado a força tudo o que sinto, talvez. Eu sempre uso o talvez.
Embora, estivesse esperando. Há coisas que eu me negava e ainda me nego a dizer para ele de qualquer jeito, há palavras que eu preciso que ele leia em meus olhos. Talvez não haja tanta coisa por dizer mesmo tendo tantas. Ele precisa me sentir. Pessoas são feitas de água e medo. Eu que marquei um encontro com o amor, acabei encontrando a solidão antes.

Eu não sei o que vai acontecer agora. Sempre temos escolhas, e sempre escolho decepcionar. Deus sabe que não faço por mal. Ou não. Mas, eu me pergunto: que religião ou razão pode conduzir um homem a desistir de seu amor? Não desista de mim. Eu dizia que parecia uma despedida. Odeio quando eu acordo no meio da noite e começo a pensar em algo que eu não deveria. Odeio me pegar pensando em você.

Se todo o resto permanecesse e voce sumisse, eu deixaria de existir. Se todo o resto desaparecesse voce permaneceria em mim. O que te faz pensar que eu não tentei ser o melhor para voce – não pense em NX Zero agora, eu estou falando sério.
Sabe o que é o pior de ter o coração partido?...Não se lembrar de como você se sentia antes. Tente manter esse sentimento... Porque se ele for embora, nunca volta. A minha dor não sai no jornal, e meu silêncio se converte a suspiros. E eu grito pra você me perdoar. Quantas vezes ficamos com medo de partir, quantas vezes partimos com medo de ficar quantas vezes dizemos baixinho o que gostaríamos de gritar.

Eu só preciso de 15 minutos, engula sua covardia. Eu errei. Cede-me o resto dos seus dias. As músicas que voce sopra dizem tudo que eu preciso ouvir. Sempre foi você.
Por vezes, quando reflito sobre as tremendas conseqüências das pequenas coisas, fico tentado a pensar que não são pequenas coisas. Isso tudo significa muito, significa tudo. O acaso faz o tempo lento quando quero te encontrar. Eu não vou, eu não posso, eu não quero te deixar. Morremos de algo que gostamos. Você esta me matando.
- E agora, o que acontece a final?
- Voce espera.
Eu não sei o que vai acontecer agora, foram os 15 minutos mais asfixiantes de toda minha vida. Eu não sou igual a elas. E nunca serei. Tranco-me em quatro paredes.
Prefiro esquecer do mundo por hoje. Acho que é isso que gente normal faz todo dia. Só não esqueça de pensar em mim antes de fechar seus olhos.

Queria te abraçar agora. Eu te amo!

9 comentários :

Pâmela disse...

Bem, acho que seu post foi mais para você e ele, muitas coisas não entedi porque sei que não eram para mim. São suas, são dele.
Não posso dizer nada que te faça sentir melhor.
Espero sinceramente que você melhore. Você me parece sempre muito melancólica. E a vida não é só sofrimento. Por mais que pareça isso.
Desejo a você, hoje, um sorriso.
Beijo.

' arcano disse...

Sorrisos não acabam com tosses (:

Frederico Blahnik disse...

Coincidência. Eu preciso dizer pra uma pessoa que gosto muito dela mas é impossível. Pelo menos agora...

;-)

Carolina disse...

Oi Arcano, muitas vezes seus textos são espelhos de coisas que já me aconteceu ou está acontecendo...Muiot verdadeiro aquela parte que fala das escolhas e a escolha que temos em se decepcionar. Tenho uma tendência a não ouvir a voz interior, que todos temos, e dou a minha cara a tapa. Faz parte do meu ser, em muitos momentos precisamos mergulhar em águas profundas. Nadar no raso não tem graça nenhuma.
bjos meus

' arcano disse...

Frederico,

O impossivel não é fato. É uma questão de opinião. E diga logo, antes que voce morra.

nando disse...

foi o meu pior post em muito tempo, mas mesmo assim, obrigado. :/
você também, gostei desse último texto, também tenho uma certa predisposição à decepção, aposto todas as minhas fichas, e, no final, todo mundo sabe. A banca da decepção sempre vence. :/
E aí a gente se pega pensando que se tivesse guardado algumas fichas, para os momentos certos, teríamos ganho. E o tempo desse pensamento varia de pessoa pra pessoa, podem ser 15 minutos, 15 semanas, 15 meses, ou 15 anos. Espero que nunca chegue nos anos.

carlos massari disse...

isso foi tão bom que eu não sei o que dizer, mas preciso dizer algo.

oposto de você disse...

quase chorei (:

sylvia disse...

não desista, não decepcione!
sei que é mais facil falar do que fazer, mas se todos não desistissem de quem realmente gostam, não existiriam tantos dependentes e as psicologas cobrariam menos!
:]