24 abril, 2009

Pedaços de qualquer lugar

Respiro o ar que sustenta o mundo, e meus olhos nada mais procuram. Embora eu possa senti-los se encherem de lágrimas.

6 comentários :

Patrícia Harumi disse...

é o vazio.

Frederico Blahnik disse...

eu sinto um ar dourando me preenchendo...

tem selinho pra vc...

;-)

Jefferson disse...

Depois de um tempo sem te ler, volto e me emociono com o que escreves. Bravo!

Nayara Oliveira disse...

incrível como os olhos são os primeiros a nos denunciar...
Os meus também lacrimejam quando eu venho aqui.
VC que é fantástica.

David Emanuel Carvalho disse...

Rula e mata a pau com as palavras.
Sabe impor elas com o sentimento.
Tu envolve elas com alguma coisa.
Ainda descubro o que...

Xana disse...

Se os olhos se enchem de l´+agrimas ainda há a esperança de preenchimento, de vida!

beijinhos e uma ótima semana