23 novembro, 2011

Antes de um fim

Não foi fácil te ver indo embora, deixando comigo todas as dúvidas que te pertencem. Nosso tato nunca precisou de explicação, erámos sempre mais do que queríamos, nossas fotografias provam isso.

A resposta que ficou foi o silêncio, os gestos mudos de quem sempre falou tudo. Meu choro é eco, e por mais que eu tente procurar uma verdade nisso, só consigo voltar ao começo do nosso fim. Voltar pela metade é apenas previsão para mais dor. Tô tentando me esvaziar desse passado, mas me falta tempo pra nos deixar.

Meu coração ainda lembra da falta que você faz, é como se já tivesse desistido de dias melhores. Não tenho certeza quem você realmente é agora, tudo que você reflete e ausência. Chorar já não basta, amor em estado liquído seca o coração, esfria as mãos e já não me faz querer ser tocada por mais ninguém.

Você se foi antes de um final feliz e agora já não sei se conseguirei me recomeçar.

*Encomendado por Maria Natália.

4 comentários :

Nanda Garcia disse...

Senti essa dor, mas não se sinta assim, não faz bem.. Minha citação favorita diz que depois de uma tempestade, sempre vem o arco-iris, muitas vezes coisas ruins acontecem para abrir caminho para coisas inacreditavelmente melhores.

Luara, tens um dom incrivel de traduzir os sentimentos em palavras, amo te ler.



http://nemsimplesdemais.blogspot.com/

Diana disse...

Adorei simplesmente este seu texto :), voce tem muito jeito para escrever *

Poeta da Colina disse...

Há começos felizes, e finais em paz. Os filmes acabam no começo do amor.

Híndira disse...

O luto, né.