03 novembro, 2011

Ainda te alcanço



Passo minha vida em claro desde que te conheci, fico sem saber como ir adiante. Me pego sorrindo pensando em você mesmo sem ter teu olhar para acompanhar o meu. Há tanto espaço pra você em meus dias, é tudo que quero te dar e você aí com medo de tentar.
Apesar da distância que você insiste em deixar sobre nós, eu não consigo desistir de deixá-la para trás. É como se nunca fosse tarde, como se a gente fosse acontecer numa tarde bonita de verão. Te vejo como a felicidade que quero pra mim, te amo sem vírgulas, sem dúvidas, sem talvez.
Se você acha que a sua vida é apertada demais para nós, deixe eu te mostrar que meu amor é do nosso tamanho. Não quero te privar de nada, quero só compartilhar o tempo que tenho sonhado contigo. Quero te fazer acreditar que a vida se torna mais que apenas algumas noite de festas, risadas aleatórias e uma liberdade avulsa. Podemos fazer dar certo, agora ou depois. Eu espero, te acompanhando em pensamentos.
Ainda estarei aqui quando você quiser me trazer pra perto. Estou com essa insônia de mim porque não consigo deixar de te querer, nem com a pausa do sono. Então, você sabe onde me encontrar, sabe que em mim há amor de verdade. Enquanto você não está pronto pra dividir os mesmos abraços, continuarei te guardando e aguardando.

*Encomendado por Beatriz E.

3 comentários :

Gabriela Freitas disse...

Ei, seus textos estão cada vez mais lindos.

Ana Clara Bordinhon. disse...

Incrível a sensação que você nos dá com suas palavras !!! Impossível não se apaixonar por seus textos! Me tornei grande fã do seu blog! Parabéns, beijos.

Anônimo disse...

Olá encanto, aqui quem fala é a Ana do: http://freerodriguez.tumblr.com/
Vim conferir teu blog,assim como já disse antes ,seu cantinho é quente e acolhedor assim como tuas palavras. Um tesão de blog.