24 março, 2008

E se...

Abençoados os que esquecem, pois aproveitam até mesmo seus equívocos.

- Pare de chorar, garota! Como se fizesse a diferença o que você acha ruim, como se eu tivesse prometido alguma coisa pra você.

Ela achou que não ia dar em nada, só mais uma diversão – o tédio estava sufocando-a, poderia ser legal -, ela entrou num mundo que não é dela, foi recebida bem. Conseguiu se manter nos primeiros dias.

Ela me lembra aquilo que desajeitada mente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão – mas, dessa vez o chão era de concreto e o vôo nem tão pequeno assim. Só esqueceram de avisá-la.

Prossiga.

Era tudo uma farsa, tudo invenção. Tudo pelo ORKUT – miserável -, a imaginação era o que importava. Com um ‘oi’ e logo depois um ‘tudo bem’, já bastava para estar amando.

Até, que um dia ela, sem nem perceber – tudo por causa de um ‘jovem geográfico’-, acabará de assinar sua condenação. Aqui os deuses não aceitam oferendas.

Eles conversaram, em menos de algumas horas descobriram que tinham mais um do outro em si do que qualquer outra pessoa. O inicio perfeito para um relacionamento perfeito. Ele era capaz de fazê-la sorrir. - Estranha e estou piorando a cada dia, alguém viu meus antidepressivos? Um copo d’água, por favor. Com gás.

Alguns dias foram se indo, ela até tentava prender o tempo com ela, só pra poder filmar tudo o que ele a fazia sentir, ela tentou gravar cada pensamento. Ela só queria abraçá-lo. Quando se deram conta, estavam fazendo promessas.

O ‘eu te amo’ era diferente dos outros, era verdadeiro. Eles podiam sentir.

Verdadeiro.
Haha. Mas, o mundo dela não era. Ele era. O rapaz era de verdade. Ela não passava de uma fraude. Pegue meus pensamentos e suma daqui.

Ela nunca teve coragem pra encarar a realidade e dizer a verdade pra ele.

- Ei, essa aqui na foto não sou eu. Eu sou essa! Essa! Eu te amo!

Alguém estava com os dois pés no pescoço dela, essa foi a desculpa.
Sempre deixando pra mais tarde, para oportunidade certa, o momento exato.
E quando ele chega? Quando soubemos a hora certa? Ao menos sabemos de alguma coisa? - é ilusão viver assim.
Ela não conseguia tirar os olhos dele. Desde quando precisa ter hora pra ser feliz?


Não me agüento dentro de minha própria pele.
Pra que tentar salvar algo que nem existiu – alguém, por favor, diga a ela para cair na real? Quem mandou tentar brincar de faz-de-conta?
Então, o que restou para a covarde foi à fuga. Escreveu um adeus para ele, e deletou o perfil do ORKUT.

Hoje, ela ainda continua sem conseguir dormir, antes a culpa de estar ‘enganando’ a fazia querer torturar a si mesma. Agora, a dor de não ter ele e de não saber se poderia ter dado certo. - a tortura esta sendo mais cruel, a tortura é ser eu.
E se ela tivesse falado a verdade? E se ela tentasse falar com ele agora? E se ele não se lembrasse mais dela? E se, e se, e se... - quando morrer essas vão ser as palavras gravadas em minha lapide: e se?

Ela não tinha planejado nada disso. Uma coisa é certa: está tudo errado.
O pulmão da pobre se encontra em um abismo profundo, e seu coração ela esqueceu de pedir de volta. Os dias passam vazios. As lágrimas nem pedem permissão pra nascerem, elas caiem ao chão. Ela está no chão.

Algo a faz pensar que isso não pode acabar assim, e se eles se encontrarem numa mesa de bar? Talvez o mesmo vento que o trouxe uma vez volte. Ela vai esperar na varanda. O vento gosta de passear por lá.

Ela só queria que ele soubesse quem ela realmente era.


Baseado em fatos reais.

5 comentários :

Magáli disse...

Oi Arcano.

Como vai você?!

Vi que você é amiguinha da Amandinha Goiabinha que é amiga da Bruna , esta que agora é minha mais nova amiga virtual.
E assim cheguei ao seu blog :)

Que por sinal é muito lindo. Sou uma crítica de blogs e estou sempre por aí descobrindo blogs novos e falando o que penso sobre eles.
Tu escolhestes as cores certas, tu ecsreves bastante, o que me passa uma desconfiança de que tu gostas do que fazes :)

Continue postando.
Sua última postagem foi no dia do meu aniversário. ;D

Abraços.
Espero que possamos ser grandes amigas virtuais.

Magáli Querida :D

Herr Schreiber disse...

Adorei seus textos. Li alguns, li este... você escreve muito bem e escreve de uma forma bem sentimental, bem expressiva. Você expressa aquilo que está pensando no momento. Expressa o seu turbilhão emocional. Adorei, adorei !!!
Boa sorte ai na sua empreitada escriturária. ehehhehe
Ah, só uma curiosidade, como descobristes meu blog ?
Até mais

Bobby disse...

Muitas vezes esquecemos que a verdade é somente aquilo que podemos ver, tocar e não somente sentir. O sopro dessa verdade no seu estado embrionáro é um dos melhores alimentos à nossa alma. Entretanto, também pode ser um dos maiores causadores da dor e decepção ... Não digo para deixarmos a abstração de lado, pois sonhar é essencial à nossa existência. Porém, devemos fazê-lo sempre a uma distância segura do chão. www.h18.blogger.com.br

Menino Idiota disse...

hehe, obrigado
vc tbm escreve bem ^^
adorei seu blog
bjs!

Menino Idiota disse...

só sou um pouquinho
skaosakosao