12 março, 2012

Como se fosse hoje

Não lembro mais de reclamar falta de felicidade, não preciso mais fingir paciência nem me importar como o mundo gira. Até meus problemas tem hoje companhia, tem solução. Não tenho mais hábito de esquecer, não preciso me preocupar se serei esperada, aposentei o medo da solidão.

Tudo isso porque tenho você, pode ser frio, pode ser tarde e ainda assim eu tenho você.

As filas já não me incomodam, não ligo se me perco na metade do filme para te encontrar, tudo que é resto de gente já não me incomoda mais. Não brigo com o despertador, não me escondo mais do que tem que ser feito hoje, ando sem meias, dou risada por nada.

Tudo isso porque tenho você, pode ser triste, pode ser distante e ainda assim eu tenho você.

Falo baixo com meus irmãos, empresto meus livros, me devolvo pra quem me tinha. Sou atenciosa com estranhos, aprendi a salvar vidas com um sorriso, me recupero do verão e não acordo de mau humor na segunda pela manhã. Aprendi língua do silêncio, não implico em deixar alguém se estacionar no meu abraço.

Tudo isso porque tenho você, pode ser errado, pode ser difícil e ainda assim eu tenho você.

Tornei-me melhor para vida, o atraso já não me maltrata. Apeguei-me aos clichês, divido sorvete com você, meu tempo, meu corpo, minha vida. Concordo com todo exagero de quem ama, com toda babaquice de quem não sabe mais viver sem alguém. Me rendo pra idéia do destino, me convenço do amor.

Tudo isso porque tenho você, como se fosse hoje, eu tenho você.

6 comentários :

Babii Silva disse...

Simplesmente lindo. É algo que se expressa com vontade e profundidade. Adoro essa sinceridade doce que você tem em lidar com as palavras, adoro mesmo. Você me inspira muito, sabia? Me inspira e me dá forças para continuar e lutar por aquilo que quero me tornar. Continuarei assim, enquanto você continuar a escrever tantas coisas mágicas, as quais mudam a vida de qualquer um. Parabéns! :)

Ludmila Melgaço disse...

"Apeguei-me aos clichês, divido sorvete com você, meu tempo, meu corpo, minha vida."

Não tem coisa mais bonita!

Fer Castro disse...

É bem assim que acontece, Luara. Já estive nesse lugar também. Você escreve muito lindo!!! Adoro!

Yohana Sanfer disse...

Luara, lindo texto! Exala amor do início ao fim...uma declaração!
Tão bom ler taus linhas...bjo

Ana Paula Monnerat. disse...

Ai Luara, me empresta um pouco do seu dom com as palavras? Você é uma linda sabia?
Ah, não esqueci do texto que havia encomendado ano passado, ainda o quero. Deixe ele guardadinho que logo te enviarei o dinheiro. E também escrevei sua cartinha, e vou ver se compro uma lembrancinha daqui da minha cidade pra mandar junto *-*.

Te adoooooro lindona <3

Ana Flávia Sousa disse...

Que texto bordado de amor em cada letra é esse menina?
Lindo, do início ao fim.