20 junho, 2012

ILY

Eu acredito em momentos e foi assim que tive a chance de te encontrar. Amizade é o único sentimento que se auto-sustenta, não é preciso exigir nada além do teu abraço. Sinto que te buscava desde sempre, como se tivéssemos nos extraviado ainda antes de nascer. Gosto de imaginar você mais perto, de poder ir correndo para tua casa te contar o que meu coração guarda e ser mais presente em teus dias.

Com você sou o que quiser, mesmo distante tua amizade me escuta e me convence que é possível continuar em pé nem que seja de cabeça para baixo. Se teu cabelo não fosse tão diferente do meu, se assinássemos o mesmo sobrenome nas classes da escola, certamente duvidaria se dissessem que não temos o mesmo DNA. Mas, pra quê quando temos algo muito mais forte e verdadeiro que isso?

Está cada vez mais difícil manter os amigos, deixar perto e confiar o que sentimos para pessoas que muitas vezes nem sabem o que amizade significa. É por essa confiança tão certa que já perdi a conta de quanto tempo compartilhamos sorrisos e diários.

Não há livros, filmes ou músicas preferidas que não façam parte do nosso repertório. Combinamos coincidências, despertamos vontade de ser feliz tomando café até o amanhecer e imaginando o que faremos quando chegarmos aos 60. Talvez uma viagem à Acapulco, uma festa com rapazes com menos da metade de nossa idade dançando e nos servindo tequila ou ainda alguma aventura tipo “Natureza Selvagem”. Assim, nem me preocupo com o futuro dessa amizade, não me importa quantos quilômetros precise pedalar para me dividir com você.

Porque amizade verdadeira é isso, se basta. E nos basta.

Alcançamos alegrias que nunca chegariam se 
não fossem correspondidas por outro alguém 
                                                         que sempre estará ali por nós.

Para Sarah.

3 comentários :

Nina disse...

Poucas vezes tive uma amizade verdadeira assim. Foram todas passageiras, acredito. Hoje, meu verdadeiro amigo convive comigo, e tudo dividimos. Acho importante compartilhar gostos e desventuras. É mesmo impossível ser feliz sozinho. Abraços.

Almi Júnior disse...

Estou tão atrasado! Não acredito que só cheguei agora a esta maravilha de blog. Espero que tenha sobrado café pra mim.

Ótimo texto, ótimos textos!

Caderno Negro disse...

Lindo texto! *3*