10 fevereiro, 2009

Não tenho mais porque esperar

- Você ainda lembra de mim?
- Lembranças são escolhas.
- Se não lembra, passe anotar.
- Você não tem mais o direito de estar aqui.
- Eu sei. E eu tenho todas minhas certezas.
- Por que voce voltou?
- Eu não voltei. Só estou de passagem.
- Você não devia ter vindo.
- Se eu não viesse eu não estaria aqui. Faço parte de você ainda.
- Um coração pode se partir em dois e continuar batendo igual?
- Creio que sim. Senão eu não poderia ainda permanecer em sua mente...

Virei pro lado e adormeci.

16 comentários :

carol. disse...

pra mim, esse diálogo dói.
e dói muito.

ARCANO disse...

É.


|:

Daniel Maia Silveira disse...

Os laços minha querida, os laços!
Às vezes se faz necessário extirpar de vez certos sentimentos sob pena de que eles possa consumir a nossa alma.
A vida é, certamente, muito mais que isso. Permita-se descobrir uma vida diferente.

Mariana Moro disse...

Essa conversa me trouxe nostalgia, quem nunca passou por isso, não é?

Lindo, vou add teu blog no meu

Beijos

Igo Araujo disse...

êh saudade...
xD
tempos q não passo por aqui xD
bjss

DancingQueen disse...

Leitora nova :)
Li apenas os posts mais recentes, mas pretendo ler os mais antigos também. Teu blog me inspira, escreves muito bem. Vo add :)

Beeijo :*

Vanessa disse...

...e nem tenho por que lembrar...

D. Cristien disse...

Chegou a me calar.

ARCANO disse...

Calar não é tão ruim.

Ana Fontes disse...

Olá!
Retribuindo a visita! Rs!
Adorei também, viu?!
Voltarei várias vezes! Às terças e sextas, ou não! Rs!
Beijos grandes!

Fernando Rozano disse...

"lembranças são escolhas..."...dizer mais o quê?

ARCANO disse...

O silêncio e as memórias predominam.

alvarêz drewïzqe disse...

pelo menos que tenha bons sonhos

Patrícia Harumi disse...

eu senti!

Bonie disse...

Adoro diálogos. Dolorosos ou não.

Dan disse...

"[...]E que seja, maior ainda, o amor aos grandes diálogos[...]"