05 maio, 2009

Mentiras, sempre mentiras

Carregando a dor de ver o que nem começou próximo de ter um fim.





"Amanheci em cólera. Não, não, o mundo não me agrada. A maioria das pessoas estão mortas e não sabem, ou estão vivas com charlatanismo. E o amor, em vez de dar, exige. E quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa de que eles precisam. Mentir dá remorso. E não mentir é um dom que o mundo não merece..."
Clarice L.

5 comentários :

Nanda Assis disse...

nossa muito lindo isso.

bjosss...

Patrícia Harumi disse...

Todo fim pode ser um começo, o jeito é não fazer comparações!

Topsy Cretz disse...

Hoje em dia o amor verdadeiro é exclusividade de poucos - e bons :~

Thiago disse...

mentira é foda.

Ronaldo Rodrigues disse...

''... e não mentir é um dom que o mundo não merece..." Clarice Lispector é pura filosofia de vida, e seu blog é puro sentimento, muito bons seus textos, beijos.