14 julho, 2009

Eu ainda preciso de nós

Quando você não está aqui sinto as cores desbotarem
As palavras ficam mudas
Eu sinto o mundo em minha pele
Quando você não está aqui a dor me visita
Sirvo chá pra melancolia
Sinto falta de sentir

Quando você não está aqui sinto uma vontade de não ter ido
É a mesma vontade de não querer voltar
O chão vira sabão
Quando você não está aqui eu me perco de mim
Dou a mão pra poltrona do sofá
Sinto a falta de sentir

Quando você não está aqui não sinto minhas asas
Procuro algo que nunca esteve ali, nem nunca estará
Quando você não está aqui o inverno é a unica estação definida
Tiro o fone do gancho para ver se não foi cortado
Deixo a luz da frente ligada
Sinto a falta de sentir

Quando você não está aqui, sinto sua falta. Mas, tudo bem.

7 comentários :

- eeeeeii disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
- eeeeeii disse...

"Tudo bem, até pode ser, que os vulcões sejam moinhos de vento. Muito prazer, ao seu dispor, lálálálá, com amor as causas perdidas♪"
- sei bem como é não sentir. ((:

...... disse...

Algo como o que sente não pode ser negligênciado, sua ênfase ja possue vida própria, que o faz concebela com sendo parte dele,ainda que existam fronteiras, as possibilidades são infinitas,mesmo no reino variado de jujubas azedas e doces! (believe)

Renata Braga disse...

É assim amore... mas sempre passa.... passa...

Essa vontade, essa saudade, essa sensação de algo faltando.


Te entendo bem.... e to começando a esqueçer.. apesar de mais da metade do meu dia ainda pensar.

Bejos grande, grande Arcano.

Lucas disse...

Por que tanta dor?
Por que tanta dependência?

ARCANO disse...

Humana, sabe como é.

Carolina disse...

Ai que lindo.
Sem comentários