03 julho, 2009

Meus demônios

O tempo debocha de mim e a realidade me sacaneia, sou como um referencial para a solidão. Tudo em mim é ausencia.

Cansei de me perguntar por que você me fere com sua distancia e aguça minha dor com o silencio.
Meus demonios me pegam pelas mãos e me abandonam em delirios; sei que nada do que eu quero pode acontecer de verdade, embora tudo que me faz querer não seja de mentira.

Para alguém que não tem absolutamente nada, eu devo muito a mim mesma. Me encho de promessas e me esquartejo com o nunca mais.

Não desista de mim. Pronto, falei.

16 comentários :

Manny disse...

Qualquer um pode desistir de vc, menos vc mesma... vc consegue viver sem qualquer outra pessoa, isso é fato, menos sem vc mesma! pense nisso!

ARCANO disse...

Já desisti de mim faz tempo, coragem.
Desistir dos outros é a covardia.

Anônimo disse...

não desista de si!

...... disse...

Talvez ele sinta você mais do que imagina, o que o pertuba como uma lâmina em suas entranhas,e só tenha receio de estar iludido, ofereça jujubas, talvez ele tenha uma saco cheio esperando só pra te subornar, rs!

Renata Braga disse...

Tava querendo dizer isso.

Pronto tu disse.


Bejoss

ARCANO disse...

Talvez.

Como ele pode se sentir iludido?

A minha dor não resolve com glicose. Infelizmente!

gato preto disse...

O silêncio.
é resposta ou não resposta essa merda?
A gente grita, esperneia, e ...
silêncio.
Mas o barulho, daí, deve vir de nós.
Lá de dentro, daonde pulsa uma música, que é só sua, só pra você, daonde pula uma poesia, que é de você pra você.
Então, o silêncio se esvai, dimunui e desaparece...
é o seu barulho, e você pode fazer a vontade por que ele sim, é só seu.

...... disse...

Iludido na duvida dessa conecção, em achar que o que sente
não corresponda realmente com o que ele acha que é,assim como vc ele sufoca o que sente ou desvia a expressão de seu anseio, por não revelar-lhe seu nobre sentimento, por não haver mais aberturas na comunicação;quanto as jujubas,(perdoe meu sarcasmo)talvez fosse uma singela iniciativa oferecendo algo que mais aprecia, ele poderia te oferecer muito mais só para vela sorrir,é claro que vc não cairia nessa, mais seria um bom pretexto de aproximação para ambos.

ARCANO disse...

A verdade é que me facilitei, e ele me esqueceu. Apesar dessa possivel ilusão, só não existe aquilo que não acreditamos. Se ele não acredita no meu sentimento, como pode acreditar no ato de respirar?
Aceito sarcasmo e jujubas. Quero as azedas, por favor.

Maicom disse...

A única pessoa que jamais pode desistir de vc é vc mesma.
Entenda que tudo é possível. Basta vc querer. Este querer é egoísta, ninguém pode o fazer por vc.

Beijão.

carlos massari disse...

promessas sempre são ruins. vindas de você mesmo, são piores ainda.

...... disse...

A sinceridade mesmo explicita é um ato de nobreza, ainda que não o faça reagir, o atingi, a menos que ainda esteja preso ao passado com suas defesas, mesmo acreditando no que vc sente , talvez não seja suficiente para existir iniciativa, a comunhão ocorre quando existe abertura de ambos, se percebe isso nele, construa uma nova ponte e percorra rumo a nova interação, o resto deixe fluir, mesmo quando não achamos que as coisas não acontecem, elas estão acontecendo; ou ofereça as jujubas doces, visto que prefere as azedas, polos contrarios se atraem sabia? Rs!

ARCANO disse...

Ah, como seria bom se o amor se resolvesse com propriedades fisicas/quimicas (:

lpfernandes disse...

Ao contrário do que foi dito por alguns, não há problema alguma em desistir de si mesma. No final das contas nada faz diferença; ter desistido, ou não. Ter acreditado, ou não. Ter se drogado, ter se matado, ter se submetido a esperar sem mais anseios. A vida nos incumbiu os pais da mesma insignificância, donos de um mesmo fim.

Há tempos não visitava seu blog. Sou sempre recebido com um ótimo texto.

ps:.Eu sou o antigo "Luiz Phelipe", do blogspot, tu já comentou em alguns textos meus no antigo blog).

Até mais.

Jefferson disse...

O mais artificioso plano do demo é passar a ideia de que ele não existe.
Coragem, Lully!

Krol disse...

Sinto assim tbm!!!