15 dezembro, 2011

Encontros

Nós somos partes de um mesmo inteiro, pois sempre foi assim que me senti perto de você, completa. Nossas vidas já deram tantas voltas, tantos pulos, tantas curvas e embora tudo isso possa ter nos afastado de alguma maneira você ainda continua em mim. De uma maneira tão concreta, de um jeito tão meu, com um sentimento tão forte.

Me sinto quebrada, no entando ainda estou aqui e de pé por causa de você. Já adoeci com nossas lembranças, chorei até secar todos meus sorrisos, fugi de mim por não conseguir fugir da gente. Cada dia ao seu lado preencheu minha vida, me mostrando a felicidade nos pequenos detalhes que aconteceram entre nós, permanece em mim um sentimento de perda que me faz ter vontade de te encontrar.

Fomos tão certo juntos, tantas alegrias. Para mim o amor da minha vida é ainda você, mesmo que não seja nessa existência que faremos filhos e um jardim de margaridas. A próxima vez que você estiver tentando se consertar lembre que eu posso te ajudar, que desistir de nós nunca foi uma forma de continuar aqui.

Sinto uma falta grande de você, do tamanho do espaço que você deixou na cama, do tamanho do buraco em meu coração. Te encontrar diariamente é um desafio constante pros meus olhos, não finja que você não sabe da verdade, eles gritam por você. E não é justo comigo, pois mesmo não querendo ficar você está aqui. E com isso me torno só metade de um passado que queria que fosse nosso presente.

Meu amor ainda é agora, continuo te esperando para me levar para ser feliz. Quero ainda ser sua, pois nunca serei de mais ninguém. Quem sabe, nos encontramos em Paris ou na parada do ônibus da nossa velha rua de promessas no momento em que você já não tenha mais despedidas para usar.

*Encomendado por Camila M.

3 comentários :

Carolina disse...

Muito bonito o texto porém fatalista como se ali somente existisse este amor como possibilidade num universo inteiro de chances.

bjão
Saudades deste teu canto tão rico de cultura!!!

S disse...

Então é você Luara Quaresma?, a LuaraQ. que eu tanto leio em meio as redes sociais e me apaixono cada vez mais.
Mas já que estou aqui devo parabenizar e dizer que adoro tudo que tu escreve, espero que continue assim, sempre escrevendo coisas lindas.
Beijos querida!

Maicom disse...

Entendo você e entendo. Não adianta. Estamos mais solitários, mas haverá sempre a pessoa 'certa'. Nosso século permite isso.