29 junho, 2014

Destinatário I



Não sei lidar com amores inacabados, com a presença de quem não ficou, sabe? Tantas coisas para colecionar e coube a mim lembranças. Você já se sentiu assim, completo e preenchido por um vazio que sufoca? Que alarma a alma e te faz querer correr para outro mundo? Sei que a vida traz isso, faz parte, como se antes mesmo de nascer assinássemos um contrato possibilitando que todas as desilusões possíveis aconteçam, e quando acontecem é justo no momento em que deveriam ter esperado mais para darem o ar da graça. Por que justo com ele? Por que justo agora? Não dava para esperar só mais um pouquinho? Só até o nosso final feliz.

Nunca me preocupei em entender os homens, bastava conseguir compreender o olhar dele. O amor só tem razão quando nos faz feliz, não posso concordar com essas despedidas que se repetem. Será que meu coração é um grande mentiroso? Será que na verdade esse lance de sentir pode ser ignorado? Se você souber, por favor, me diz como.
Não se mexa, preciso de mais chá de camomila.

Pronto, troquei o café pelo chá. Café me lembra ele, chá me faz querer mudar de repertório, de desculpas e de expectativas. O que mais me perturba é que não posso nem escutar nossas músicas, porque são nossas, minhas e dele. Você consegue ver a grande desgraça aí? Ali, naqueles refrãos que percebo o quanto ele faz falta, o quanto tudo está errado e ainda assim a atmosfera insiste em me provar que é melhor assim.

Não consigo me distrair, moda para mim é deitar no sofá, ligar a TV em qualquer canal e assistir o dia acontecendo pelas cortinas. Não é que eu esteja muito triste, só estou evitando ficar mais, entende? Também não pense que eu estou esperando que ele volte, o que espero é que eu consiga me trazer de volta, que eu consiga levar a diante qualquer outra relação, pode até ser com o cactos da vizinha.
Pela primeira vez espero que minhas palavras tenham respostas, pode ser de você ou do universo. Aceito até um tapa na cara pra ver se esse dasassossego vai embora, tudo que eu preciso é dividir o que eu sinto e tomar mais chá.

P.S.: Se vier, traga biscoitos.
P.S.S.: Preciso de dicas de músicas novas também.

Desesperadamente, F.

....................................

Para ler a resposta, clique na imagem abaixo:

5 comentários :

Anônimo disse...

Ameiiii! Muito lindo Lu!!♥♥♥
Bju Taiane Dias

Iarinha Máximo disse...

#Amei #Perfeito

Anônimo disse...

Lindo demais! Conseguiu expressar exatamente o que eu sinto. <3

Cinthia Souza disse...

Amei, me identifiquei em alguns trechos! bjão gata!

Stephanye Hohenfeld disse...

Ohuun q lindo Lua.
Tão leve mas com um to de angústia.. vc pôs em palavras uma tempestade emocional e de forma tão sutil...
<3